16 julho 2013

Uma Vergonha!!



É o que me apraz dizer após ver as fotografias da varanda da Câmara no dia procissão da Sra. de Antime.
Uma vergonha!
Como é possível que o PS, de forma tão descarada, utilize a presidência da Câmara para fazer campanha eleitoral e, ainda por cima, durante uma manifestação religiosa.
Permitir que nas varandas da Câmara estejam dois candidatos a Vereadores, que não passam, por enquanto, de candidatos a candidatos, e que nem sequer fazem parte de qualquer órgão autárquico (Câmara ou Assembleia) é, no mínimo, uma vergonha!
Mais uma a juntar às idas à Malafaia, às cartas aos funcionários da Câmara, ao infomail sobre o Hospital, à Revista Municipal, entre tantas outras situações.
O que se segue? Um escalonamento para participação em todas as missas e funerais? Cartões e flores em todos os baptizados, casamentos e aniversários? Funcionários do partido a ajudar os idosos a atravessar nas passadeiras?
Esta é a imagem mais exacta do quão pacóvio se pode ser na política. Estes são os exemplos que não servem o desempenho de funções públicas. Quem se cala perante atitudes destas e, pior ainda, aceita compactuar com elas, participando, não merece respeito, não deve merecer o nosso respeito.

Será que alguém ainda acredita na fábula do lobo em pele de cordeiro?

Miguel Summavielle

39 comentários:

Anónimo disse...

Sr. Eng summavielle, quem são os dois candidatos a vereadores a que se refere? o Dr. Raul Cunha é vice-Presidente da Assembleia Municipal e o João Castro é membro da Assembleia Municipal. Tenha vergonha e meça melhor as palavras!

Anónimo disse...

eu cá para mim o Eng Miguel Summavielle, deve, ter alguns pesadelos, visões ou coisas do género. estive na procissão no meio do publico e não vi minguem estranho ao município ou assembleia municipal. Dispa lá essa camisola e o espírito de vingança que lhe vai na alma! O povo de Fafe não quer monarquias.

Anónimo disse...

Assisti eu a apresentação de candidatura do Dr. Parcidio Summavielle e retive uma frase que me fez mudar de ideias quanto ao meu sentido de voto ".....sei que o meu irmão Miguel Summavielle era melhor candidato do que eu......" reparem a quem nos seriamos entregues, vasta reparar em tanta incoerência e maldade.

Anónimo disse...

Acabe-se com a democracia partidária, e dê-se lugar a uma democracia com base nas competências dos eleitos!

Anónimo disse...

desculpem, é basta e não "vasta"

Alberto Baptista disse...

Não vou fazer juízos de valor sobre o texto, porque não participei na procissão e não tenho imagens fotográficas que possibilitem creditar ou não o referido, no entanto tenho lido alguns comentários menos elegantes sempre que o assunto é política.
Senhores comentadores para que possamos também analisar a vossa credibilidade deveriam “assinar” os vossos textos. É muito feio “atirar a pedra e esconder a mão”, ou no caso a identidade.
Senhores moderadores promovam a opinião em detrimento dos ataques pessoais.
Senhores colaboradores do Blog Montelongo promovam o debate, lancem desafios, ponham ideias a discussão, penso que assim todos ganharíamos.

Manuela disse...

Estou inteiramente de acordo consigo, Sr.Alberto Baptista. Queria ainda acrescentar, e utilizando da mesma liberdade que o resto dos comentadores, que as pessoas que referem a relação dos candidatos à Assembleia, deviam reler o texto pois claramente não o perceberam. Considero ainda que falar em Monarquias, me parece muito mais maléfico e vingativo do que qualquer palavra proferida no artigo.

Anónimo disse...

Este é mais um traço de baixeza política que vem do Engenheiro Miguel Summavielle. Então enuncia dois candidatos a candidatos ( sejam isso o que seja), mentindo descaradamente aos leitores do blog, sem antes saber se está a passar erradas ou corretas informações. Quando falamos de um Vice-Presidente da Assembleia Municipal e de um membro da Assembleia Municipal. Assim a política não vai a lado nenhum, quanto fanatismos e mentiras querem vir fazer o lugar daqueles que são ou foram eleitos democraticamente para ocupar cargos de representatividade popular.Isto sim é uma vergonha, mentir às pessoas, ocultar a verdade para satisfazer interesses pessoais do engenheiro Miguel Summavielle!

Anónimo disse...

Com a apresentação da lista do PS e dos candidatos à câmara, demonstrou-se de forma clara e evidente, que as segundas linhas do PS, não entram nas “contas” dos verdadeiros “mandantes” do partido (leia-se Laurentino e Ribeiro), pela ordem apresentada.
Os putativos candidatos: Pedro Valente; Raul Cunha (líder de bancada); Carlos Rogério; Isabel Ferreira; João Vieira Mendes e Francisco Lemos, viram gorar-se todas e quaisquer possíveis esperanças, ao ser apresentada uma lista de Vereadores/as sem qualquer tipo de ligação ao partido Socialista, sem qualquer tipo de ADN político partidário.
Pedro Valente será o eterno pseudo vereador, esfumando-se todas as tentativas goradas que esboça por um lugar no executivo.
Helena Lemos e Ana Preciosa são dois nomes que comprovam que o vassalismo partidário que há muito se vive em Fafe (PS) de nada serve na hora da criação das listas, pois ficam sempre de fora os que o fazem…
C. Rogério e F. Lemos assim como Isabel Teixeira, serão no entendimento dos atuais dirigentes do partido Socialista “uteis” para abanar bandeiras, convínhamos que não posso discordar, pois esta passividade demonstra que são fracos até na hora de agir.
Pois já o ditado dizia “ quem não se sente não é filho de boa gente”.

António Daniel disse...

Alberto Baptista, a sua opinião é sensata relativamente aos comentários anónimos. Contudo, deixe-me dizer-lhe que compreendo o anonimato. Numa terra pequena, a liberdade de opinião está sempre muito limitada face às oportunidades de emprego existentes. Por isso, não se pode retirar a possibilidade do anonimato por que as pessoas têm medo, mas têm opinião.

Além disso, o Miguel Summavielle dá o «corpo» ao manifesto, defende as suas opiniões de forma corajosa sem precedentes em Fafe. Em meu nome, quero agradecer ao Miguel esta sua disponibilidade.

Relativamente ao facto relatado, acrescento que não compreendo (embora perceba!) a vénia que sempre se fez em frente à Câmara (subalternização ao poder temporal?). Pode ser que haja alguma explicação plausível.

Alberto Baptista disse...

Caro António Daniel, infelizmente há uma parte de mim que não pode rebater o seu argumento quando refere que as pessoas não podem expressar as suas opiniões de cara destapada, com liberdade desde que dignos de as expressarem, porque têm receio de sofrerem represálias. Mas também sabe o amigo que aqui talvez não seja essa a regra, mas antes a excepção.
Ora como proferi no meu comentário anterior – debate de ideias - vale apena por à discussão este assunto, vivemos ou não vivemos em democracia, somos ou não somos livres e emitir opinião? Existe alguma pseudo-ditadura partidária nas cidades mais provinciais? Ou será que são as próprias pessoas que se despem em parte da sua dignidade? Ou ainda, existirá um problema de cultura e formação cívica de quem tem em mãos a empregabilidade da região?
Também sei que as nossas gentes, que têm grandes qualidades, trabalhadoras e de grande coração, têm pouca cultura de agregação reivindicativa.
Cumprimentos

Ricardo Gonçalves disse...

Confesso que não entendo a razão de todo este frenesim.
Não concordo com a indignação do Miguel Summavielle (embora reconheça méritos no seu comentário) mas também não concordo com as justificações que aqui li (a menos que o executivo tenha convidado todos os deputados municipais.
A proximidade das eleições justifica a indignação de uns e a presença de outros. É o jogo político. Embora não goste destas situações oportunistas, aprendi a relativizar.
Sugiro que todos façam o mesmo e discutam as verdadeiras questões para o concelho: desemprego, clima económico, acção social, ambiente,revisão do PDM, parque da cidade, etc, etc.
Vamos lá!!!!

Miguel Summavielle disse...

Caro anónimo das 7:59 e restantes que a tal se referiram,
Não tenho por hábito fazer afirmações infundadas. Não é o meu género.
Os candidatos que refiro são, para que não existam quaisquer dúvidas, o Dr. João Castro e a Dra. Ana Preciosa Teixeira.
Nenhum dos dois foi eleito, no mandato em curso, para a Assembleia Municipal ou Câmara Municipal.

Miguel Summavielle disse...

Caro António Daniel,
Obrigado pelas palavras de reconhecimento. Não faço mais do que a minha obrigação de cidadão.
Sou ateu e republicano convicto. Como o António Daniel, também não entendo as misturas entre a religião e um estado que, de acordo com a Constituição, não favorece qualquer religião.
Na minha opinião, Portugal deveria ser um Estado laico.
Respeito a opção religiosa de cada um, o seu direito ao culto e à manifestação pública de fé, seja ela qual for, mas entendo que o Estado se deve manter afastado dessa questão, quanto mais não seja para não condicionar a liberdade de escolha.

António Daniel disse...

Alberto, é tudo um pouco. É difícil estabelecer relações de causa-efeito. Contudo, sabemos como custa a liberdade. Há um efectivo défice na discussão política e nas discussões em geral. Pensar é difícil, como difícil é construir argumentações sem as pessoas despirem as suas vestes, isto é, de um modo perfeitamente racional: http://blogmontelongo.blogspot.pt/2013/05/a-liberdade-de-expressao-e-importante.html

Anónimo disse...

Sr. Engº Summavielle, diga lá em que sonho viu a Dr. Ana Preciosa a varanda do Município. Você anda a ter pesadelos. olhe mentir é feio! acho que o povo já se esqueceu do tempo em que eram colocados "capangas" a porta da Câmara para nem os vereadores deixar entrar? eu já vi neste mandato vereadores da oposição que não foram eleitos e depois substituíram colegas que saíram (o Dr. Leonel ) por exemplo.

Anónimo disse...

Senhor Engenheiro Miguel Summavielle onde é que o Doutor João Castro não faz parte da Assembleia Municipal???!!!! Ele faz parte das listas do PS no presente mandato sendo que é suplente, se quiser ser mais específico, e se bem que como diz não tenha sido eleito num lugar efetivo, o que poderia ter dito e não disse, já por várias vezes neste mandato tem estado presente na Assembleia Municipal em substituição
de algum colega seu do PS, logo por várias vezes neste mandato exerceu a função de deputado municipal! Senhor Engenheiro Summavielle a Doutora Ana Preciosa estará sempre omnipresente na sua mente? Em que foto é que o Senhor Engenheiro a coloca na varanda do município?? Só se for numa fotomontagem. Pois como o Senhor Engenheiro diz, não mente, mente várias e pelo menos 2 vezes. Informações infundadas e caluniosas, que visam o quê? Só se for provar que o Senhor Engenheiro está a mentir compulsivamente. Por favor, faça política a sério e preocupes se com Fafe e com os Fafenses

Anónimo disse...

Eng. Miguel, apenas uma chamada de atenção, eu nao sou do ps, nem aprecio o trabalho so executivo ps de Fafe, mas o seu irmão votou a favor das idas à malafaia ao lado do ps, duarante o seu mandato.
Portanto é porque acha que é uma boa iniciativa, com que lata e peço desculpa pela frontalidade, mas tem que ser, com que lata vem o Sr Eng agora apontar isso contra o ps?

Anónimo disse...

Sr. Engenheiro Miguel Sumavielle, se bem se recordará o seu pai fazia a mesma coisa, entre muitas outras, duarante os imensos anos que esteve à frente de executivo camarário. Esta discussão é estéril.

Manuela disse...

Uma coisa é votar a favor das idas à Malafaia outra, totalmente diferente, é fazer delas um comício! E isso eu assisti, portanto sei do que falo.

Anónimo disse...

O PARCIDIO VOTOU A FAVOR DA MALAFAIA, E OS SEUS COLEGAS CLAUDIA E LEONEL VOTARAM CONTRA...QUER DIZER, ELES SABIAM DA PARTE DO "COMICIO" O PARCIDIO NÃO..FOI ENGANADO!!!!!!!!!!
EU VOTEI INDEPENDENTES, SOU CONTRA O PS, MAS VEJO OS FACTOS! NÃO FAÇAM DAS PESSOAS PARVAS.

Manuela disse...

Obrigada por terem colocado a foto que pedi, ainda que eu não a consiga visualizar, não sei se é só a mim que está a acontecer... De qualquer forma quero dizer que foi também a última vez que coloquei aqui qualquer comentário pois parece-me que as pessoas ou não entendem ou não querem entender... para além de que "gritar", ainda que em letras maiúsculas, não é a minha forma de dialogar. Boa continuação

Miguel Summavielle disse...

Aos diversos anónimos,
Participei em 19 das 20 reuniões da Assembleia Municipal ocorridas, até ao presente dia, neste mandato. O Dr. João Castro não esteve presente em nenhuma.
A fotografia publicada reporta o facto descrito, pelo que me escuso a mais comentários sobre a presença ou ausência da Dra. Ana Preciosa Teixeira.
Os Vereadores Independentes votaram favoravelmente a iniciativa de levar os idosos à Malafaia. No último ano, discutiu-se a possibilidade de se alterar a localização do evento, tendo, nesse momento, os Veradores Independentes manifestado vontade de que fosse encontrada nova localização, quem sabem em Fafe, para que o dinheiro fosse investido no Concelho. Nunca, em momento algum, se opuseram a esta realização, integrada na comemoração do Dia do Idoso. Nada do que disse anteriormente, invalida o que referi no comentário inicial, muito bem compreendido por todos, e que dizia respeito ao aproveitamento do evento para fazer campanha política.
Quanto aos comentários sobre o tempo em que o meu pai era Presidente da Câmara, agradecia que fossem sustentadas com factos. Só assim se poderá apurar a veracidade das afirmações. Caso contrário, não passam de desabafos, certamente enquadráveis em conversas de café, mas impróprias em debates públicos e sérios.

Anónimo disse...

Cara Manuela, se só aceita os comentarios de pessoas que concordam consigo, então faz bem não participar mais. Repito, votei independentes e sou contra o ps, mas voces não são nem melhores nem piores, são iguais. Só falta o Eng Miguel criticar o ps pelos dois milhoes de Euros gastos nos relvados sinteticos, obra do ps com o apoio dos independentes, isso sim UMA VERGONHA. e agora diga-me, Manuela...é proibido ter uma opiniao contraria à sua? então faça o favor de criar um blog só seu.

Miguel Summavielle disse...

Caro Ricardo Gonçalves,
Conheces-me o suficiente para saber que não faço afirmações vãs e que não alinho em politiquices.
A minha indignação, creio eu, justifica-se.
Como se pode aceitar que, numa cerimónia pública, no edifício da Câmara Municipal e em sua representação, estejam pessoas que não foram eleitas para a Câmara ou Assembleia Municipal e que, coincidentemente, são candidatos a candidatos pelo PS?
Posso confirmar-te, para que não fiquem dúvidas, que nenhum elemento dos Independentes, pertencente à Vereação ou à Assembleia Municipal, foi convidado para estar presente.
Transformar actos de representação pública e formal em propaganda eleitoral deve indignar-nos a todos.
Quanto a discutir as matérias que realmente interessam, como sabes, é o que faço como membro da Assembleia Municipal, ou quando escrevo para os semanários locais ou mesmo quando participo neste blogue.
Concordo, no entanto, que é mais importante discutir as ideias que cada um terá para o Concelho do que debater estas “minudências”. Mas sabes, quando nos calamos perante estas situações, estamos a concordar com elas. E isso, meu caro, a bem da liberdade e do respeito pela democracia, nunca farei!

Anónimo disse...

quando se volta atrás ao tempo do pai a presidente, o Engenheiro Miguel busca factos, quando fala do tempo atual, o Engenheiro usa suposições, fala em pessoas, maldiz, aí está a diferença entre o ser e o parecer. Mostra fotos, poderia mostrar registos então,que não mostrariam a presença do Dr. João Castro. Como de facto não os tem, porque num registo de presenças da Assembleia Municipal o nome do Dr. João Castro aparecerá várias vezes, só fala, não mostra, mente, mas nada diz. Falando da Doutora Ana Preciosa, foi previamente sondada pelos Independentes, e desde logo recusou fazer parte, por isso, parece mesmo um ajuste de contas por parte do Engenheiro Miguel. Um ajuste feio e baixo. A chamada dor de cotovelo por parte de alguém que foi rejeitado. Depois fala em aproveitamento político, mas pelos vistos quem se aproveita do outro irmão, esse candidato e Parcídio Summavielle, parece ser o irmão e engenheiro Miguel. Dizem que recusou ser candidato à junta de freguesia de Fafe, dizem que não quis mesmo ser candidato pelos Independentes à Câmara. A justificação, parece ter sido tratar da sua vida, tratar de negócios, porque os seus independentes, porque os Fafenses estão depois. Mal servidos estavam os Fafenses se dependessem do Engenheiro Miguel, à primeira oportunidade virava-lhe as costas, sendo que isso sim é muita muita vergonha!

Anónimo disse...

sou deputado da AM de Fafe, na oposição, mas a verdade esta acima de tudo...sim, o João Castro esteve presente em Assembleias. Miguel, analise a situação antes de lançar ataques! Pode até ter estado numa sessão em que o Miguel nao estivesse, mas que esteve, isso posso garantir. Mas muito sinceramente, o povo quer la saber de quem estava na varanda da camara municipal, por isso nem entendo o porque de tanta conversa à volta deste assunto.

Miguel Summavielle disse...

Caro “colega Deputado Municipal”,
Não estará a confundir com o Dr. João Vieira Mendes?
Antes de escrever o que escrevi, solicitei a confirmação do facto a um destacado membro do grupo parlamentar do Partido Socialista, precisamente porque poderia ter acontecido na sessão em que não estive presente.

Miguel Summavielle disse...

Caro “Ex-Funcionário Municipal”,
Pensei muito antes de escrever as linhas que se seguem.
O meu coração dizia-me para responder imediatamente, esclarecendo tudo, e colocando as coisas em pratos limpos. No entanto, a minha razão prevaleceu. Algo me diz que, depois destas, outras acusações se seguirão, cada vez mais irreais e provocatórias, e de nada servirão os meus esclarecimentos, até porque, na verdade, não é o que procura, ou estarei errado?
Assim, se decidir abandonar a condição de “anónimo”, identificando-se, tal como eu faço, terei muito gosto em lhe responder.
Tomo esta atitude porque o posso fazer! Tenho demonstrado neste fórum que estou sempre disponível para responder, esclarecer, argumentar, contra-argumentar, procurando, naturalmente, debater os assuntos que considero terem interesse ou sobre os quais possa ter uma opinião formada.
Nunca, em qualquer comentário que tenha feito ou texto que tenha escrito, fiz ataques pessoais e considero que a acção política não se deve misturar com a maledicência.
Uma coisa é responder a comentários políticos ou de acção política. Outra é responder a acusações do foro pessoal (até criminal!), dirigidas ao meu pai, pessoa que esteve mais de 20 anos na ribalta da vida pública e política e que, ainda hoje, é uma referência moral para muitos. Não participarei em acções cobardes de achincalhamento!
Como por várias vezes já tive oportunidade de dizer, na política, para mim, não vale tudo!

Sérgio Ribeiro disse...

Estou 100% de acordo com o artigo do meu amigo Miguel Summavielle.
Mas sei também que sempre que ele escreve algo sobre Fafe ou relacionada com Fafe que o PS treme por todos os lados.
Porque será?
Eu sei mas não digo!
Abraço ao Miguel e que continue sempre assim, sem medos e receios de dar a sua opinião!
Sérgio Ribeiro.

António Daniel disse...

Miguel, invejo-lhe a coragem e a inteligência. O Miguel é uma lição para todos. Parabéns, independentemente da concordância ou discordância relativamente à suas ideias. Ganhou um fã:)

Montelongo disse...

Face à forma como alguns comentadores reagem, só serão publicados os comentários devidamente identificados. Lavar roupa suja sem a coragem de se identificarem é cair num absurdo sem sentido.

Anónimo disse...

parece existir uma tendência de quem gere o blogue, de tomar parte por parte do engenheiro miguel summavielle. a isso se chama de censura! e parece que um blog onde é feita censura não é um blog de bom tom. remover comentários quando não ofensivos de pessoas, parece isso sim censura! por isso ou todos os comentários de todos os posts agora terão de ser identificados ou parece desde logo existir aqui uma instrumentalização do blog, por parte dos independentes por fafe, por parte do engenheiro miguel!

Anónimo disse...

E quem diz isso? Um anónimo chamado Montelongo...

jose pereira disse...

Caro amigo Eng.Miguel,admiro a sua intelegencia, aceite este conselho,deixe-o a falar só.

Anónimo disse...

João Castro membro da Assembleia? Em que planeta? É sim um suplente de uma das Lsitas.

Também sou membro da Assembleia e não fui convidado a Assistir da Varanda....

Pedro Oliveira disse...

Como é sabido o processo que levou á escolha do Candidato Raul Cunha á Câmara de Fafe e o afastamento do lider da Comissão Politica até então, Antero Barbosa, foi um processo muito dúbio. Começou com uma autoproclamação de Laurentino Dias a candidato á Câmara pelo PS, não consultando sequer a Comissão Politica, enviando mails a todos os membros da comissão dizendo-se ele o Candidato. Antero não recuou e o Sr.Ribeiro arranjou a dita 3ªAlternativa Raúl Cunha. Um candidato medíocre, não residente em Fafe, sem empatia com a População e que terá grandes dificuldades em ganhar as eleições, ao contrário do mais que provável candidato até á data, Antero Barbosa, que certamente iria garantir mais uma tranquila vitória ao PS Fafe.

Fui um processo muito obscuro, com Ribeiro a assumir papel preponderante, jogando ao mais baixo nível, fazendo possíveis e impossíveis para afastar Antero da Candidatura. E conseguiu.

Mas o mais grave aconteceu na ultima reunião da Comissão Politica, com a votação das listas nominais aos diversos órgãos autárquicos. Como é sabido e segundo os estatutos do Partido, a votação de listas nominais deve ser efectuada através do voto secreto. Mas em Fafe não. Em Fafe Ribeiro e Dias fazem o que querem e aprovaram as listas em menos de 5 segundos Com Laurentino a dizer " Quem vota contra, quem se abstém, aprovado por unanimidade.". Alguns presentes ficaram abismados com o sucedido e alertaram para grave atropelo que se acabara de fazer aos estatutos do partido. Foram simplesmente ignorados. Dias disse mais tarde que era para dar a ideia de unidade á imprensa local... Qual unidade? Reina o clima de medo no PS de Fafe estes senhores são os donos do Partido e fazem as coisas como bem querem e lhe apetece e quem não alinhar nestes esquemas é posto de parte... Os eleitores já se aperceberam disso, e Fafe bastião socialista em Braga corre o risco de mudar de mãos por conta da Ditadura e Chantagem Emocional que os militantes e membros da Comissão Politica são alvo por parte destes Senhores.

Não estive presente na reunião da Comissão Politica, mas em conversa com alguns Camaradas todos disseram o mesmo e todos ficaram atónito com o que se tinha acabado de passar. Isto é V E R G O N H O S O !

Anónimo disse...

é uma vergonha que o PS em Fafe é autenticamente uma ditadura! Não se expressam opiniões , e as regras democráticas são todas ultrapassadas. Raúl Cunha é uma espécie de fantoche presente, tal é a sua ânsia em ser presidente da camâra.

Anónimo disse...

Nao estejam com rodeios, o Eugenio Marinho e o Parcido lutam pelo segundo lugar. nenhum deles tem capacidade para ser presidente.