07 novembro 2012

7-1 na Política.


A ser verdadeira a notícia que dá conta da candidatura de Laurentino Dias à Câmara pelo PS, vislumbra-se um 7-1.

1-0 Como já havíamos escrito aqui, Antero era um candidato fraco, não pela sua personalidade ou seriedade, mas pela vinculação do seu pelouro à ausência de obra feita no que diz respeito aos grandes projectos previstos e à forma pouco assertiva com que jogava nos meandros políticos, abrindo espaço para uma possível alternância de poder.

2-0 Laurentino é, queiramos ou não, a pessoa com melhor curriculum político que o PS e Fafe – com excepção de Luís Marques Mendes - alguma vez tiveram.

3-0 Laurentino conhece o poder autárquico e o poder de Lisboa.

4-0 Joga com o elemento surpresa. Todos gostam de surpresas. A surpresa funciona como um meio de esgotamento das reacções: é muito comum a expressão «não tenho palavras…».

5-0 Enfatiza a falta de estratégia da oposição, nomeadamente na crescente indefinição quanto a parcerias ou coligações.

6-0 Posiciona-se como o verdadeiro líder do PS concelhio. Por muito que o espírito democrático esteja difundido, a liderança é importante. O máximo que pode acontecer são pequenos arrufos sem qualquer significado.

7-0 Aparentemente não necessita do cargo. Estava numa posição confortável. Uma possível candidatura à câmara mostra o apego de Laurentino à luta política e não ao cargo.

7-1 O que resta à oposição? O golo de honra. Como vai obtê-lo? Não sei.

António Daniel

35 comentários:

Anónimo disse...

Desejaria para Fafe um confronto político entre Laurentino Dias e Marques Mendes... isto era de "champions" :)
Mas parece-me que vai ser um jogo de 2ª liga entre Eugénio Marinho e Antero Barbosa...

Anónimo disse...

Só será 7-1 pelo facto de ser um falso advogado !!

Anónimo disse...

Ser um falso advogado é um previlégio ou uma honra ?

Que vergonha !!

Anónimo disse...

Estes politicos não têm vergonha na cara !!

São politicos com este caracter que prometem construir pontes onde não hà rio !!

Anónimo disse...

1-7

0-1 O que fez Laurentino Dias na política?

0-2 O que beneficiou Fafe com a sua estadia no Governo?

0-3 Quantas instituições fafenses beneficiaram de ele ter estado no Governo?

0-4 Quantas pessoas pobres de Fafe beneficiaram com este político?

0-5 Tinha motorista particular para o trazer a Fafe. Quem pagava?

0-6 O seu discurso não passavam de palavra de um "Alto Falante"

0-7 Mesmo sendo comprade do 1.º Ministro da altura nada fez por Fafe.

1-7 é de Fafe

Anónimo disse...

Laurentino Dias será o candidato do PS!!! Foi indicado pelo Antero Barbosa, presidente da comissão política de Fafe e o convite foi aceite.

Anónimo disse...

A ser verdade, Parcidio Summavielle (filho) ficará na sombra daquele, que segundo palavras do proprio, foi "inventado" pelo pai!!
Pois é!

Anónimo disse...

não fico minimamente surpreendida, se de facto se confirmar a candidatura de Laurentino à camara, é no PS de Fafe a pessoa mais indicada para essa posição, assim como Luis Marques Mendes seria para o PSD, se o desejasse, o que infelizmente não me parece.
Quanto ao Parcidio, não ha duvidas que na politica continuará na sombra do PS que o seu próprio pai contruiu, quanto a isso só tenho a dizer "temos pena".

Anónimo disse...

mais um vigarista nos destino desta grande cidade!!

Anónimo disse...

O PS em Fafe sabe trabalhar. Quando toda a gente apostava em Pompeu ou Antero, surge Laurentino Dias, um peso pesado que sabe mais de política a dormir do que os outros acordados.
O PSD, vítima das suas próprias politiquices internas, jamais terá um candidato tão forte. Luís Marques Mendes deve ter vergonha do PSD fafense para assumir uma candidatura... e resta-nos o "facebookiano" Eugénio Marinho...
Quanto a Parcídio, (ou Miguel Summavielle...) a estratégia passará por juntar-se ao PS ou afastar-se de vez... Os Summavieis sabem jogar em vários tabuleiros e será uma incógnita os seus posicionamentos políticos...
Vantagem de se dizerem independentes... seja lá o que isso for...

Anónimo disse...

Haja oposição capaz...

Anónimo disse...

Larentino Dias é o protótipo de "Sanguessuga" politica.

Auto impôs-se juntamente com o compincha Ribeiro para uma eventual troca de cadeiras entre a Assembleia e Camara. Mas ao que sei, a estratégia deu para o torto.

O desejo de Laurentino querer assumir candidatura pelo o PS á Camara só apanha de surpresa os mais distraidos. Como tachista que é, e como pertencente duma facção do PS anti-Seguro e com todos os anti-corpos que tem para com a Comissão Politica Distrital do PS, era óbvio que o poleiro que lhe restava era a Camara de Fafe...

Ainda dizem que era bom para Fafe? Em que? Qual a obra politica deste senhor? 00000000000000000000

António Daniel disse...

Obrigado a todos pelos comentários. Gostaria imenso de poder dirigir-me nominalmente, mas o anonimato é regra quando se trata de política. Bem gostaria que fosse diferente. Apesar disso, deixem-me dizer-vos que discordo com a grande maioria dos comentários. Laurentino é a pessoa com melhor curriculum político em Fafe e aquele que melhor poderá defender a nossa realidade. Apesar de o não conhecer pessoalmente, parece indesmentível que possui uma importante bagagem para poder fazer alguma coisa pela terra. É sem dúvida o melhor candidato, ser o for. Quanto às distritais e afins, estou-me perfeitamente borrifando. Até digo mais, considero-o corajoso por, à partida, candidatar-se pois fica à mercê de comentários que afectam a sua pessoa. Ninguém gostaria disso, a maior parte das pessoas prefeririam o conforto de casa.

Anónimo disse...

A Serio? Conforto de Casa? Eu chamar-lhe-ia conforto do poleiro. O Laurentino é uma pessoa sem espaço no PS versão Seguro. Demasiado vinculado á facção Sócrates, ele sabe que nas próximas legislativas ia saltar fora. Por isso, e antecipando o futuro, tentou arranjar poleiro na Camara de Fafe.

Mas falando de obra politica de Laurentino, o que é que ele fez aos longo de todos estes anos no poder central, inclusive na posição de secretário de estado do desporto e juventude, para o considerar uma mais valia para Fafe?

Mais, concretamente consegue-me nomear alguma obra ou infra-estrutura que tenha sido trazida para Fafe sob influencia dele?

NADA! 0!

António Daniel disse...

Anónimo, obviamente que não sirvo para defender Laurentino. Até julgo que da minha defesa precisa ele pouco. Não gosto particularmente da palavra «poleiro». A política é luta pelo poder. Sempre foi e sempre será. Quanto àquilo que Laurentino fez por Fafe, bom, uma pessoa que esteve tantos anos na assembleia municipal, terá um conhecimento e, certamente, terá uma proximidade com tudo aquilo que aconteceu em Fafe. Aliás, as últimas realizações desportivas vieram para Fafe porquê? Por obra e graça do espírito santo. Continuo a dizer, independentemente das características pessoais (não me interessam) é a pessoa mais habilitada para Fafe. Isso parece-me indubitável. Caso seja candidato e caso venha a ser eleito,estaremos cá para o inevitável escrutínio.Os próximos anos serão muito difíceis. O actual executivo, apesar de ter grande mérito no equilíbrio das contas e na política cultural, não captou investimentos e viu a população decrescer. Vai ser necessário fazer muito, ter muita imaginação e poder de influência. Laurentino parece ser, actualmente, a pessoa melhor posicionada.

Anónimo disse...

Discordo. Os recentes eventos desportivos vieram para Fafe, porque a Camara de Fafe é das poucas edilidades com liquidez financeira para as pagar. Daí a abundancia de eventos desportivos que se tem visto em Fafe recentemente.Laurentino nada tem a ver com isso, até porque o tempo de Secretário de Estado já la vai...

Falando em conhecimento de causa também ex-(ou actual)candidato Antero Barbosa tem conhecimento da realidade Camarária, nao fosse ele um dos vereadores executivos...

"Poleiro" será uma palavra um pouco vulgar, mas não encontro melhor palavra que se adeque a esta tentativa baixa do galo Laurentino, com a colaboração do Garnizé Ribeiro, ser o Rei do Capoeiro..

António Daniel disse...

Apesar de haver liquidez na Câmara, é necessário dar o empurrão. Anónimo, sabe que certa altura encontrei-me na rua com uma pessoa ligada ao PS e à Câmara, com lugar de responsabilidade. Na conversa surgiu a possibilidade de Antero se candidatar à Câmara. Dei-lhe a minha opinião, como muitas vezes escrevi neste blogue. A resposta foi que, independentemente do candidato,seria possível um trabalho de equipe. Foi curiosa esta resposta, ou não?

Anónimo disse...

Concordo quando dizem que Laurentino tem um grande curriculum. GRANDE é a palavra, quem andou estes anos todos a procurar tachos é normal que o seu curriculum o mostre...Espero que nestas eleições haja uma oposição forte para acabar com este tipo de coisas.concordo com o anónimo quando diz que Laurentino não trouxe nada para Fafe, 000000000000000

Anónimo disse...

Deixo aqui um apelo.
Leiam todos o texto de Antonio Ferreira Leite, no facebook.
Este texto explica este caso, na perfeição.
É caso para dizer que cada macaco deve estar no seu galho. António

António Daniel disse...

António, evidentemente que o PS está em convulsão, como bem retrata António ferreira Leite a partir das suas fontes. O que aqui escrevi é um raciocínio condicional. Caso Laurentino avançasse, Fafe só teria a ganhar. Evidentemente que isto é um ponto de vista profundamente subjectivo de quem está fora dos acontecimentos e não tem qualquer tipo de informação. Ora, se é um ponto de vista, sabemos que é uma vista através de um ponto, ponto esse longínquo e desinteressado. perdão, interessado no bem de Fafe.

Anónimo disse...

Mas porque é que Fafe, tem a ganhar com a candidatura de Laurentino?
Caso ainda não se apercebeu só você diz isso, e ainda por cima não vive em Fafe.
Vamos deixar que sejam os socialistas com poder para tal, a decidir este caso.António

António Daniel disse...

Anónimo, pelo facto de só eu dizer isto não significa que não possa assistir-me a razão, embora respeite as opiniões das outras pessoas. Em segundo lugar, apesar de não viver de forma assídua em Fafe, desloco-me aí com alguma regularidade. Por isso, tenho os meus interesses. Depois, ainda voto em Fafe. Depois, quem sou eu para impedir a decisão dos militantes. Por último, as minhas raízes estão aí, a terra também é minha, sempre comprei livros no «rabeca», bebi uns finos no Verde Pinho e embebedei-me no H7. Mas também frequentei a 1001, assim como a estalagem, sem esquecer os anos gloriosos da Hexágono e os primeiros tempos da Dreams do Srº Francisco e do Armindo. Cortei o cabelo no Lucas e fiz a comunhão solene ainda com o cónego. Comprei serpentinas no «rates» e joguei snoker no Bal d'estevão. Frequentei o ciclo ainda na Granja e o unificado no edifício em frente à sacor, fui sócio do Fafe e do andebol. Trabalhei, namorei, e outras coisas em Fafe. Portanto, enquanto for vivo, procurarei mostrar as minhas opiniões. Isto faz-me viver. Abraço.

António Daniel disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
António Daniel disse...

Já para não falar no cartão pessoal e intransmissível da saudosa Biwks (não sei se é assim que se escreve) ainda ela não funcionava como depósito da renex. E olhe que não sou assim tão velho como isso.

Anónimo disse...

Talvez sejamos da mesma idade. Mas com todo o respeito, acho que não é necessário descrever todas a sua adolescencia e juventude, para falar da sua ligação a Fafe.
As pessoas de Fafe gostam de quem trabalha e Antero Barbosa, a meu ver, não tem medo do trabalho e conhece a realidade do nosso concelho muito bem.
Um abraço para si.Antonio

Ricardo Gonçalves disse...

António Daniel:

Num dos teus comentários falas na influência do Dr Laurentino nas "últimas realizações desportivas". A que te referes? Porque se estivermos a pensar nos mesmos eventos, posso responder-te: ZERO!!!!

Ricardo Gonçalves

Anónimo disse...

O PS caiu em descrédito total.
É uma vergonha para quem tratou deste processo. Afinal onde está a o socialismo e liberdade deste partido?
São sempre os mesmos a querer mandar mesmo não sendo mandatados para o efeito.
Espero que o povo de Fafe, se lembre desta vergonha na hora de votar. O poder politico está podre...

António Daniel disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Montelongo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
António Daniel disse...

Ricardo, fiquei sempre com a ideia que houve alguma influência. Falo evidentemente nos jogos das seleções de Andebol e basquet, assim como as sucessivas final four das modalidades. Também pensei no rali. Contudo, se tu o dizes, acredito em ti e dou o braço a torcer, embora continue com a ideia que durante o seu percurso lisboeta deve ter desenvolvido um conjunto de ligações que poderá vir a ser benéfico para Fafe. Abraço e obrigado pelo comentário.

António Daniel disse...

Anónimo, tem toda a razão. Isto desacredita o partido. Como já havíamos escrito, estas eleições são uma oportunidade de ouro para a oposição.

Anónimo disse...

No PS já não se respeitam pessoas nem valores. O jogo é porco e mal feito. Oxalá a oposição saiba aproveitar e trabalhar para mostrar a estes senhores que o tempo da "mâozinha fechada" já lá vai e ainda bem.

Anónimo disse...

O Dr.José Ribeiro revelou desta vez o escroto que é! O que ele quer é continuar a mandar... O dr.Raul será um mero fantoche nas maos dele! Espero para bem de Fafe que hajam alternativas! Estou farto de descontar do meu salário para pagar a imbecis e carteiristas como José Ribeiro e Carlos Mota.

Anónimo disse...

António Daniel,
Seriedade é algo que não Falta ao Dr.º Antero. Por não ser feito da mesma matéria que o Dr.º Laurentino, é que se deu este golpe.
Se tu soubesses alguma coisa sobre pessoas e/ou contactasses com pessoas, ias perceber que o Laurentino não acarinhado em Fafe. Lá por ser deputado ou ex-secretário de estado não basta. Era candidato de peso pelo tamanho.

Quanto ao teu artigo em “futebolês”:
Pinto da costa disse: “Laurentino Dias é grande, mas não é grande coisa”
Carlos Queiroz: Sugou-me não só o sangue, mas também a dignidade»
Luís Filipe Vieira acusa Laurentino Dias de programar a saída de Queiroz. (Parece que é perito!)

Anónimo disse...

António Daniel,
Seriedade é algo que não Falta ao Dr.º Antero. Por não ser feito da mesma matéria que o Dr.º Laurentino, é que se deu este golpe.
Se tu soubesses alguma coisa sobre pessoas e/ou contactasses com pessoas, ias perceber que o Laurentino não acarinhado em Fafe. Lá por ser deputado ou ex-secretário de estado não basta. Era candidato de peso pelo tamanho.

Quanto ao teu artigo em “futebolês”:
Pinto da costa disse: “Laurentino Dias é grande, mas não é grande coisa”
Carlos Queiroz: Sugou-me não só o sangue, mas também a dignidade»
Luís Filipe Vieira acusa Laurentino Dias de programar a saída de Queiroz. (Parece que é perito!)