07 dezembro 2009

A blogosfera em Fafe


A 'blogosfera' reúne um leque variado de informação. Os seus conteúdos podem ser bons ou menos bons, mas caberá a cada um seleccionar o que melhor serve os seus reais interesses. No tempo da ditadura, ninguém poderia escrever sem 'um lápis' que lhe desse autorização de publicação, hoje, pelos vistos, ainda surgem umas vozes que roçam a atitude desse tempo.
Muitas pessoas poderiam ser bons jornalistas ou colaboradores, bastava dar-lhes a oportunidade. Contudo, todos sabemos que as oportunidades ainda não estão abertas a todos os cidadãos, mas só àqueles que se impõem com garra ou a outros por simpatia. Senão, como poderiam publicar artigos Presidentes de Junta que só dizem bem das suas obras? Ou, então, indivíduos que escrevem o 'diz que disse...'?
Reconhecemos que muitos blogs não têm qualidade e há muita gente que comenta sem coragem de assumir as suas palavras, mas antes esta liberdade do que aquela que têm os Directores dos Jornais controlados debaixo de um poder instalado e dá a sensação que só os fulaninhos é que são os intelectuais lá da zona...
Viva a liberdade!
Força geração de garra!

Pedro Miguel Sousa

8 comentários:

Anónimo disse...

a blogosfera em fafe ainda é recente mas ja tem blogs interessantes.
este blog para mim é o melhor mas o blog recente falafcult também.
as freguesias tem agora sitios onde se podem dsicutir coisas, o que não acontecia antes.
o que eu acho é q este e outros blogues deviam ser mais publicitados. ainda ha pouca gente que os conhece. a comunicação social poderia ter essa papel mas não dão publicidade a estas coisasboas que se faz na internet porque tem medo que lhes roubem "clientela"

QuemSouEu disse...

Não entendo de que blogues fala. Generalitas? Temáticos? Lúdicos? Non-sense? O que é para si um bom blogue? Um como este? Há uma escala criada por si? Não me leve a mal as perguntas, não procuro ser de modo algum cáustico ou irônico. Só procuro perceber de que tipo de blogues fafenses fala. Ligados à política talvez? A minha opinião é a de que muita gente em Fafe já tem um blogue assim como também já muitos utilizam outras formas de comunicação das muitas que as tecnologias actuais disponibilizam. Muita gente mesmo.

António Daniel disse...

Entendo perfeitamente a mensagem do Pedro. «Caro Quem sou eu», não creio que essas perguntas sejam pertinentes. O Pedro pretendia, creio eu, colocar a ênfase nos novos mecanismos de comunicação que, para o bem ou para o mal, vão modificando o leque de opções informativas. Sabemos que os blogues começam a ter um papel preponderante a nível nacional. Não é a primeira vez que os blogues predizem notícias dos jornais. Além disso, em Portugal há blogues de excelente qualidade. Também em Fafe existem blogues e outras fontes de comunicação. Muita gente utiliza. Mas, no meu ponto de vista, o blogue tem de funcionar como um modelo alternativo, onde se degladiam posições, leituras e interpretações diferenciadas da realidade. Isso é uma mais valia. Se conjugarmos isso com a coragem e bom senso, então temos mecanismos poderosos de mudança social. Como diz o Pedro, há muito lixo, comentários absurdos, mas com a passagem do tempo vai haver um filtro. De qualquer forma, o texto do Pedro é muito bom, apesar do anónimo dizer, e bem, que não existe publicidade. Contudo, a beleza de um blogue não está na publicidade mas na conquista de espaço pela sua qualidade.

António Daniel disse...

Só uma última nota: seria interessante lançar um post com endereços de blogues de Fafe ou de pessoal que, por uma razão ou outra, se encontre vinculada a Fafe.

MFM disse...

Quando acabei o programa Novas Oportunidades resolvi escrever um pequeno texto a fim de ser publicado num semanario fafense. Falei com um colaborador do jornal, se era possivel publicar aquele pequeno comentario uma vez que sou assinante do referido jornal. Que não, para que me ia meter numa coisa dessas a dada altura da conversa até disse” é para te promoveres socialmente?” depois de muita hesitação lá disse, entrega-me em CD. Finalmente passadas duas semanas a notícia saiu mas os dois ultimos paragrafos tinham sido alterados duma forma perjurativa para mim. Quando interpelado sobre isso disse”achei que ficava melhor assim.”Enquanto matutava nesse episodio, lembrei-me e disse baixinho. Obrigada melga, não vou precisar mais de ti já sei como e onde vou escrever. E foi assim que começei a fazer comentarios nos blogues.Viva a liberdade!

QuemSouEu disse...

Caro António Daniel, eventualmente não terei entendido o conteúdo do post e daí então a falta de pertinência das minhas questões. Concordo consigo quando sugere um post com a finalidade de enumerar blogues de Fafe.

BlogMontelongo disse...

A sugestão de incluir uma lista de BLOGS de Fafe é interessante.
Este BLOG já tem um espaço no lado direito com diversos links de blogs e sites fafenses.
Optamos por colocá-los mais por nossa iniciativa do que por sugestão das entidades e pessoas que o realizam (salvo raras excepções).
Obviamente que há mais blogs e sites de Fafe, de fafenses, etc que gostaríamos de mencionar. Alguns já temos o endereço e brevemente vamos disponibilizá-los.
Outros que não temos conhecimento, lançamos o desafio aos leitores deste espaço de enviar para a nossa moarada (blog.montelongo@gmail.com)o endereço dos mesmos e nós colocamo-los.
Saudações Fafenses

Luís Peixoto disse...

Como fã da "blogosfera fafense" deixo o meu incentivo a todos os que dedicam o seu tempo a este meio de comunicação.

abraço.
Luis Peixoto