08 julho 2011

Para Onde os Fafenses vão Levar a AD Fafe?

Participei no jantar de comemoração do 53º aniversário da AD Fafe. Fi-lo na qualidade de sócio e vogal da direcção que estava a 3 dias de terminar o mandato.
Saí daquele jantar completamente desiludido e a pensar no estado a que as pessoas de Fafe estão a deixar chegar o nosso clube. Creio que a sala não tinha 30 pessoas. A maior parte eram directores e convidados de honra.
Mas vamos por partes:
Este ano há 47 sócios que completam 25 anos de filiação clubista e, por esse facto, o clube agraciou-os com o emblema de prata e o diploma correspondente de Sócio de Mérito. Tiveram os serviços do clube a diligência de entregar em mãos os convites a essas 47 pessoas. Foi triste olhar para aquela sala e ver que dessa quase meia centena de associados, apenas 8 compareceram. Sim, apenas 8 tiveram a dignidade de dizer presente para receber uma oferta que muito custa ao clube mas que a entrega com todo o prazer. É certo que alguns destes sócios tinham razões plausíveis para falhar ao jantar mas acredito que a maioria não foi por “falta de vontade”. Como disse o presidente da Câmara Municipal de Fafe durante o seu discurso, esses sócios demonstraram uma grande falta de respeito pelo clube e não tiveram a dignidade de receber o emblema de prata e o diploma.
A certa altura, o sócio nº6, que tem 53 anos de filiação ao clube, confessava-me: “O Fafe não merece o que os sócios lhe estão a fazer. Este clube representa muitas gerações de fafenses que com ele tiveram grandes alegrias”. Eu acrescento: “São os fafenses que vão deixar morrer o nosso clube”.
Outros sinais me levaram a questionar o que estará por trás de tanto afastamento. Como é possível que o jornal com mais tiragem no concelho, simplesmente tenha ignorado a festa? Ninguém do Correio de Fafe lá apareceu. Ao que nós chegamos! Valha-nos que apareceu o sempre voluntarioso João Carlos Lopes que, a título gracioso, é hoje o grande informador desportivo do concelho. Também esteve presente o Povo de Fafe já que o seu director é também presidente da AG da AD Fafe.
Ultimamente, graças ao advento das redes sociais, têm aparecido muitos fafenses com “juras de amor eterno” ao clube, carregados de novas ideias e, aparentemente, cheios de vontade de trabalhar em prol de um único objectivo. Sou da opinião que quantos mais melhor. Mas imaginem que os mais de mil “amigos” da AD Fafe no facebook oficial do clube e outros que são “amigos” do Grupo AD Fafe se faziam sócios da colectividade. Isso sim, seria uma prova de amor ao clube. Só assim conseguiremos ultrapassar as dificuldades..
Ser sócio da AD Fafe, pelo preço mínimo, significa, hoje, menos do que um maço de tabaco por mês. Por 4 euros mensais (sócio superior) ou 6 euros (sócio bancada) podem contribuir para o engrandecimento da colectividade.
Sinceramente, não gostaria de ver mais um aniversário da AD Fafe com tão pouca gente como esteve neste 53º.
A época desportiva do futebol está prestes a começar, o clube passa por dificuldades e precisa de gente que o apoie. O Fafe não precisa de adeptos que se lembram que o clube existe quando vão à 2ª feira ao jornal para ver se ganhou ou perdeu. Precisa de adeptos que sejam sócios e participem de forma activa na vida do clube.
A AD Fafe está a definhar e acho que está na hora de ajudarmos a inverter esta tendência. A culpa do fracasso do clube não será de A ou de B, será de todos os fafenses que dizem gostar do clube e nada fazem por ele. A mim, modéstia à parte, não me pesa nada na consciência.

Carlos Rui Ribeiro Abreu
Sócio nº 1240

12 comentários:

Anónimo disse...

Sugiro um debate alargado sobre a AD Fafe noe estudio fenix com a inclusão de ex jogadores, ex dirigentes e dirigentes actuais, sócios e adeptos e figuras de destaque da sociedade fafense.
era bom para o clube que se encontrassem mais soluções para o estado actual do clube por isso era importante este debaTE.
se não fossem os apoios da camara, provavelmente o Fafe já teria acabado

Luís Peixoto disse...

Como simpatizante do Fafe só sugeria o investimento do plantel sénior em jogadores da casa. isso iria atrai mais gente ao estádio.

o que se passa com a AD Fafe passa-se com muitos outros clubes. os restantes clubes do concelho têm de ter muito engenho para angariar dinheiro, pois o Fafe sem os apoios que recebe da câmara não sei até que ponto seria sustentável.

Um bem haja a toda a direcção do Fafe pelo esforço que tem feito em dirigir o leme, peço é que dêem oportunidade aos miúdos da casa que tanta alegria irá trazer ao municipal dos desportos.

Anónimo disse...

O Fafe tem que apostar mais na formação mas sobretudo a nivel organizativo deve ter outra aposta no marketing e na organização de jogos. Outro dos aspectos é que para um mero simpatizante do clube, já viram quanto custa a entrada num estadio para ver um jogo da 2ª B? Entre 5 e 10 euros... porque não uma campanha para colocar mais gente no estadio q era a seguinte: socios sempre com entrada gratuita. não socios com bilhetes a 3 euros por exemplo. ha tanta coisa q se pode fazer para ajudar.

Nabais disse...

Tem que haver uma explicação para esse distanciamento.
Será que a estrutura da AD Fafe soube evoluir ao longo dos ultimos anos?
O que tem feito para que os fafenses gostem da AD Fafe? O que tem feito para associar os adeptos ao clube? Será que a AD Fafe é só futebol ao Domingo?

José Oliveira disse...

como poso ser socio do fafe! ja nao vivo em fafe a muito tempo mas qeria ajudar o clube.
por transferencia do banco da?

António Daniel disse...

Apesar da realidade do Fafe não ser muito diferente da grande maioria dos clubes nacionais, seria interessante fazer algo de novo. Para tal, seria necessário profissionalizar, não sendo preciso grande dispêndio de dinheiro, áreas de dinamização do clube. Nabais, o problema está no amadorismo. As pessoas são profissionais noutras áreas e fazem um enorme esforço nas suas vidas para servirem a desportiva.
Por isso, seria interessante empregar pessoas que, de forma exclusiva, dinamizassem o clube. Duas pessoas, no máximo, seria suficiente.

Anónimo disse...

Ó problema é mesmo esse. Amadorismo a mais.

Abreu disse...

Para o José Oliveira gostaria de informar que se pode tornar sócio e pagar através de transferência bancária.

Para saber mais envie um mail para: press@adfafe.pt

Terei todo o gosto em lhe prestar as informações.


PS: O Fafe não pode baixar o preço dos bilhetes nos jogos ao domingo porque essa tabela é definida pela Federação Portuguesa de Futebol. O Fafe não controla esse aspecto. Os sócios têm entrada livre, excepto nos "Dias do Clube" que, normalmente acontecem 3 vezes por temporada e em que os bilhetes custam 5 euros.

Pedro Fernandes disse...

Gostaria de levantar algumas questões e deixar aqui algumas ideias.
1. Se o clube não controla o preço dos ingressos, como se explica que, em variados jogos, sobretudo alguns importantes em final de época, o clube tenha aberto as portas do estádio a todos?! Baixar os ingressos não pode mas abrir as portas já pode?!
2.Quais os benefícios de ser sócio da AD Fafe para além de beneficiarmos de bilhetes mais acessíveis e entradas gratuitas? Penso que poucas mais, ou nenhumas. Efectivamente, para quem não gosta de futebol, é difícil ser sócio do clube já que não se fomentam outros benefícios.
3. Um dos aspectos que Fafe pouco aposta é na promoção da sua imagem junto dos mais jovens através de acções nas escolas do concelho. Este tipo de iniciativa ajuda a desenvolver nos mais novos o gosto pelo desporto e pela AD Fafe no geral.
Existe um sem número de ideias que, concerteza, iriam ajudar a dinamizar mais a AD Fafe porque, tal como refere o António Daniel, existe um défice de profissionalização em alguns sectores estratégicos do clube. Pouco se mudou na forma de gerir o clube relativamente ao passado, na minha opinião, apesar da direcção ter pessoas bastante competentes e apaixonadas pela AD Fafe. No entanto, não se podem dedicar a 100% ao clube, o que se compreende.

Anónimo disse...

Ainda á dias falei deste tema, amigos meus que tem filhos preferem colocar os filhos no Ases e agora no Benfica que no Fafe.

O Fafe deve ser um Club de formação nada mais, e a equipa sénior devia ser composta por jogadores cá da terra.

Eu tenho 26 anos e nunca fui ver o Fafe é club que não me identifico, acham que num domingo a tarde vou ver um grupo de brasileiros(ou jogadores de qualidade duvidosa?).

Mas se a equipa sénior estivesse composta por jogadores da terra ja ia de certeza.

Anónimo disse...

"Eu tenho 26 anos e nunca fui ver o Fafe é club que não me identifico, acham que num domingo a tarde vou ver um grupo de brasileiros(ou jogadores de qualidade duvidosa?)."


mas o Porto, Sporting ou Benfica a 25€ já vais..

Valorizem mazé o que é nosso.

Anónimo disse...

Caro Anónimo das 9h41 e pelos vistos adepto de um clubezeco de uma terra bem distante da sua, anda muito mal informado. Só para que saiba, actualmente o plantel da AD Fafe é constituído por:

21 Jogadores
18 Portugueses / 3 estrangeiros

Dos Portugueses
8 naturais de Fafe
6 naturais de Guimarães
1 Vizela
1 Braga
1 Porto
1 Matosinhos

16 do Distrito e 2 do Distrito do Porto, ou seja os jogadores portugueses, são todos naturais do raio de 50Km de Fafe e 2 dos estrangeiros têm a formação final feita em Portugal.


Formação final:

7 na AD Fafe
3 no Vitória SC
2 no FC Vizela
1 no GDC Fornelos (Fafe)
1 no CC Taipas (Guimarães)
1 no Joane (Famalicão)
1 no braga
2 no Porto
1 no Campomaiorense
1 no Benfica

Cumprimentos,
Um sócio da AD FAFE