01 fevereiro 2011

Base - Contratos Públicos Online


Existe na Internet um portal dedicado aos contratos públicos. Base é o portal dos Contratos Públicos e aqui, é comunicada a informação sobre todos os contratos celebrados ao abrigo do Código dos Contratos Públicos.
É um espaço de diálogo com os intervenientes num contrato público, mas também com o cidadão. Entre variada informação sobre Fafe, podemos saber que o Transporte de 1750 idosos à Quinta da Malafaia custou 9.600 Eur, a renovação do piso do Pavilhão Municipal custou 56.535 Eur ou a execução do Boletim Municipal 6.360 Eur. A vinda de Jacinta ao Cine Teatro custou 7.320 Eur, o teatro "Os Maias na Trindade" 7.500 Eur, Rodrigo Leão 11.500 Eur, entre muitos outros. Podemos consultar 161 contratos de Fafe em http://www.base.gov.pt/Paginas/Default.aspx

2 comentários:

Anónimo disse...

É tão bom fazer festas, atirar foguetes com o dinheiro dos outros...

Ricardo disse...

Não é comparável gastar dinheiro a passear velhinhos com os espetáculos da Jacinta, ou outros. O primeiro caso é manifesto "chico-espertismo" de fazer campanha eleitoral à custa dos dinheiros públicos qua não são mais do que a soma dos meus impostos com os de outros contribuintes. Enfim, para o Sr. Presidente e os seus acólitos levarem os seus potenciais eleitores a passear à Malafaia, lá terei eu que ficar em casa a poupar para pagar os meus impostos. E, para ficar bem, no final da ramboiada perguntar ao Sr. Presidente com ar candido, "...então divertiram-se?... comeram e beberam que nem javardos e dançaram até cairem para o lado e a ressonar no autocarro na volta ?!...Reviveram episódios do Zeca Estacionâncio e do Quim Roscas ?! E anedotas do Fernando Rocha?!...Isso foi em...Que bom...". O segundo caso, sempre podemos dizer que a Jacinta, o Rodrigo Leão, e outras figuras da nação cultural nacional se deslocaram aqui ao burgo. Enfim, desde a passagem do Rei D. Carlos que figuras tão ilústres não vinham a Fafe. Já agora uma pergunta inocente e bem intencionada. A sério. Para o Sr. Presidente da Câmara continuar a aparecer na televisão no dia em que a Volta a Portugal a dizer sempre o mesmo e as colectividades do regime aparcerem a dançar o vira, quanto é que isso nos custa?! É só para começar já a poupar. Ainda por cima está tudo a subir...