24 setembro 2009

Eleições em Fafe 4

PARCÍDIO, O INDEPENDENTE
O multifacetado político, escritor, corredor de automóveis e treinador de futebol volta a atacar.
Parcídio Summavielle volta, nesta campanha, a concorrer à Câmara de Fafe depois de fazer o mesmo nas anteriores eleições autárquicas. Apesar do apoio do Bloco de Esquerda nestas eleições, Parcídio continua a dizer-se independente. E talvez o seja mesmo. Mas Parcídio, hoje independente, já concorreu pelo PS, pela Política XXI e pela CDU. Parcídio é, acima de tudo, um candidato com sede de poder, tal como fora seu pai. Compreende-se as razões por não estar satisfeito pela actual gestão camarária e não é o único... mas será que Fafe não terá gente mais capaz do que Parcídio para se assumir como a maior força da oposição ao actual executivo? Até porque convém lembrar que Parcídio já foi vereador da câmara no tempo do seu pai e o seu trabalho foi razoável. Mas fartos de candidatos razoáveis andamos nós! Parcídio pode ter ideias mas não tem equipa. Parcídio pode ser simpático mas não tem força! Parcídio pode ser um bom candidato mas não se livra do fantasma do seu pai!
Do mesmo modo como me desagrada ver as mesmas pessoas à frente dos destinos da minha cidade, também não fico nada contente quando vejo sempre as mesmas famílias a quererem o protagonismo de outrora.

13 comentários:

Alex disse...

Só conheço uma página ligada a esta candidatura: Independentes por Fafe.


(aqui a discussão de ideias políticas continua a ser tanta que até já nem falo sobre a fulanização...)

Anónimo disse...

Na realidade o discurso do actual presidente até é agradável de ouvir, só é pena que na práctica funcione tudo ao contrário!...há que dar oportunidade à mudança!!!!

Anónimo disse...

É de rir a equipa deste IPFafe

Anónimo disse...

Concordo!Esta família afastada do poder desde 1997 continua a querer o poder.Não considero um bom candidato para derrotar José Ribeiro.Também eu estou cansado de ver o ribeiro e a sua "comandita" de terceira mas parcidio não por por favor.Quanto ás lista péssimas. Uma lista de comunista a procura de tachos e de alguns do bloco para fazer o favor ao bloco de esquerda.

Anónimo disse...

Olhem para a capacidade deste homem!!!
Não para a família, não para a lista "de comunistas" como falam (o que é mentira), pois a lista contem pessoas de TODOS os partidos políticos.
Olhem sim, para o homem.
Para o seu programa eleitoral.
Para a sua inteligência.

outro anónimo disse...

mas que capacidade?
caro anónimo do comentário anterior, a sua capacidade ficou a prova quando foi vereador da juventude no tempo do seu pai. hoje fala muito da juventude mas como vereador foi mau. não fez nada de significativo que tivesse perdurado no tempo para a juventude.
qt ao seu programa, o que ele faz é trazer ideias do programa da CDU, outras do PSD, obras futuras e ja consagradas no programa do PS e junta tudo e pronto. está ali o seu programa eleitoral...
Parcídio não é opção!

msummavielle disse...

Bom dia a todos.
O meu nome é Miguel Summavielle e identifico-me porque não estou habituado a esconder-me no anonimato.
Depois de muito ponderar, vou estrear-me como participante num blog.
A experiência democrática é interessante.
A possibilidade de "publicarmos" a nossa opinião é um acréscimo significativo à nossa liberdade. Podemos, desta forma, fazer-nos ouvir!
Mas é também uma responsabilidade! Não podemos (pelo menos não devemos...) abusar desse direito, cometendo a imprudência de dizer tudo o que nos vai na alma, sob pena de não nos respeitarem.
Veremos.
Começo por deixar uns comentários ao responsável pelo blog:
«Um candidato com sede de poder, tal como fora o seu pai» - se tivesse sede de poder, o meu pai, nunca teria saído do PS e teria "deixado" a presidência da Câmara, em legado, ao meu irmão. Será que vale a pena explicar, ou fui suficientemente claro?
«Parcídio pode ter ideias mas não tem equipa» - sinto-me pessoalmente afectado! Já olhou para as pessoas que o acompanham? Conhece-as? Só porque não têm intervenção política (logo não são conhecidas), não quer dizer que não sejam pessoas válidas e competentes. Convido-o a fazer o exercício de verificação.

António Daniel disse...

Caro Miguel, falo em título pessoal. Subiu na minha consideração. Demonstrou carácter, coragem e uma forte formação democrática. Defendeu os seus ideais e, concordando-se ou não, demonstrou ser inteligente. Bem-haja. Também não esperava outra coisa vindo de si.

BlogMontelongo disse...

Caro msummavielle
Antes de mais agradeço a sua participação no blog. Foi para haver uma divergencia de opiniões que ele foi feito e, ninguém se deve sentir afectado pelas opiniões nele expressas.
O blog não se esconde no anonimato. As pessoas que colaboram no blog estão devidamente identificadas, embora o anonimato seja uma opção e que deve ser repeitada, tal e qual como as outras.
quanto à sua opinião, ela ficou registada! é mais uma entre muitas!
Obrigado
Pedro Fernandes

António Daniel disse...

Caro Miguel, também lhe posso dizer que não é necessária muita ponderação para participar num blogue. embora entendendo a sua postura, devo recordar que estes mecanismos de comunicação vieram para ficar. Quer queiramos, quer não, são formas democráticas directas, onde as pessoas expressam a opinião. Obviamente que não é muito confortável ler opiniões pouco abonatórias para a dignidade, mas também existem comentários e postagens que vale a pena ler. Como se pretende exercer o direito de cidadania, eis um bom local para tal. Evidentemente que se transporta para aqui ideias, «doxas» emotivas e, por vezes, pouco dignas, nomeadamente nos comentários, mas também é verdade que a única forma de ultrapassarmos isso é participar de forma responsável e democrática. Portanto, não se coíba e não reflicta muito, simplesmente dê a sua opinião. Todos agradecemos. Só é pena que os restantes partidos não o façam, pelo menos identificando-se.
Cumprimentos

msummavielle disse...

Caro Pedro Fernandes,
O anonimato a que me referia era, óbviamente, relativo aos que deixam ficar os seus comentários e não aos responsáveis pelo Blog.
Sinto-me afectado e com alguma razão. Conhece o meu percurso profissional? Sabe o que faço? O que defendo? Conhece a minha participação na Assembleia Municipal?
Como eu, outros se devem sentir afectados!
A minha opinião é, sem dúvida, apenas uma entre muitas!
Deixo um desafio de prestidigitação: Qual será o resultado das eleições de 11 de Outubro?

BlogMontelongo disse...

caro msummavielle,
podemos afirmar que temos um conhecimento razoável do percurso profissional e político dos principais candidatos à vereação dos vários partidos que concorrem à Câmara. o seu não é excepção. obviamente que não andamos a consultar as actas da assembleia municipal mas, pelos orgãos de comunicação locais e daquilo que nos transmitem temos, também, algum conhecimento das principais intervenções e assuntos do dia em destaque na assembleia do município.
quanto às eleições, não arrisco prognósticos antes do jogo. Reservo para mim essa prestidigitação.
caro msummavielle, não temos por hábito andar a comentar as opiniões de quem comenta neste Blog.Considere isto uma excepção porque ficamos contentes por ver uma pessoa num cargo elegível para a vereação ver que se interessa por aquilo que se escreve aqui. Isso deixa-nos, obviamente, satisfeitos e esperamos que faça o mesmo após as eleições, independentemente do resultado das mesmas.
Obrigado
Saudações fafenses

msummavielle disse...

Caro Pedro Fernandes,
Concordo e agradeço a simpatia.
Deixo, no entanto, a correcção. Eu sou, de facto, o segundo da lista à Assembleia Municipal.
Sendo membro da Assembleia Municipal (e acreditando que serei novamente eleito), tenho a obrigação de defender os interesses legítimos dos meus concidadãos. Assim, agradeço todos os contibutos que considerem relevantes e que digam respeito ao nosso Concelho. Estarei atento e utilizarei a "minha voz" para os levar junto desse órgão - o mais representativo do Concelho.