21 maio 2008

Praticantes de Golfe já têm espaço em Fafe


"O concelho de Fafe já dispõe de um campo de golfe. Esta nova infra-estrutura, novidade na região, é um sonho dos responsáveis da empresa Rilhadas e vem dar apoio ao clube de golfe criado nas instalações deste complexo turístico. "O golfe está a popularizar-se e precisa de ser descoberto", justificou Ricardo Gonçalves, director do campo e administrador da empresa. O campo (com cerca de 4 hectares e 9 buracos), enquadra-se num magnífico cenário paisagístico onde o verde é dominante mas onde os jogadores também podem deliciar a vista com o serpentear das águas do rio Vizela que atravessam o campo. Este campo está já homologado pela Federação Portuguesa de Golfe e este ano será palco de três competições, a primeira das quais disputada ontem. "Temos que entrar devagar mas a nossa ideia é divulgar o golfe em Fafe inclusive através do desporto escolar", esclareceu Ricardo Gonçalves, que considera este desporto extremamente desafiante. Actualmente, o Clube de Golfe Rilhadas conta já com mais de 100 associados sendo que mais de 20% são residentes em Fafe e os restantes de concelhos vizinhos e até de Trás-os-Montes. "Nós instituímos uma política de preços baixos porque também queremos desmistificar um pouco a ideia de que este desporto é apenas para pessoas da alta sociedade", garantiu. Assim, uma anuidade neste clube custará 300 euros. Paralelamente também funciona todos os domingos uma escola de golfe para crianças que já conta com 14 inscritos e que é uma das apostas da direcção do clube."


Carlos Rui Abreu in Jornal de Noticias 18/05/2008

2 comentários:

António Daniel disse...

Fico feliz por ver a sociedade civil a promover Fafe da melhor forma. E justiça seja feita, o «chiquinho da azenha, é um empresário de se lhe tirar o chapéu. Que me perdoe o seu filho, Ricardo, mas quando se fala em empresariado, a Valindo e todos o negócios daí decorrentes são exemplificativos do sucesso. Só tenho pena que mais empresas em Fafe não obtenham o mesmo sucesso. Quanto à «Quinta de Rilhadas», não tenho o prazer de conhecer em pormenor, mas conheço o Ricardo, companheiro de carteira da escola, que, apesar dos seus defeitos também tem imensas virtudes, como toda a gente. E são essas virtudes que certamente lhe trarão talento para o sucesso empresarial. Só espero que o golfe tenha sido acompanhado pela limpeza do rio.

Antonio Daniel disse...

Karl Pooper diz que umas das vantagens da civilização ocidental é a auto-crítica. Estou à espera de notícias menos boas, apesar de respeitar a forma como o actual blog funciona. Aliás, se por acaso não quiserem ir por aí, eu continuarei aqui.