18 julho 2012

Comissão propõe Fecho da Urgência de Fafe


Comissão para a Reavaliação da Rede Nacional de Emergência e Urgência propõe encerramento das urgências de Fafe, Macedo de Cavaleiros, Oliveira de Azeméis, Santo Tirso, Valongo, Lagos, Loulé, Montemor-o-Novo, Montijo, Peniche, Serpa e Tomar. O relatório, que data de fevereiro de 2012, foi elaborado por onze peritos e divulgado no site do Ministério da Saúde. Em dois casos, Coruche e Sertã, a comissão propõe que sejam implementadas urgências, como estava previsto num despacho de 2008, mas que nunca avançaram (como aconteceu noutras regiões). Assim, no total, a proposta é a existência de 73 urgências no país, menos dez do que a situação real (83) e menos 16 do que o previsto no despacho de 2008(89). "Relativamente ao encerramento de alguns SUB [Serviço de Urgência Básico], pensa esta Comissão que ele poderá ser realizado de forma faseada, por exemplo, inicialmente apenas no período noturno, e que só poderá ser realizado após constituição de capacidade de resposta tanto ao nível dos CSP [Cuidados de Saúde Primários], de forma a garantir atendimento rápido de situações agudas não urgentes, como ao nível do SU [Serviço de Urgência] mais próximo, assegurando cuidados para as situações realmente urgentes", lê-se no documento. À Rádio Renascença, o gabinete do ministro Paulo Macedo afirmou que, em última instância, até pode não aplicar qualquer das recomendações do grupo de trabalho. A partir de agora, refere ainda o gabinete do ministro, esta proposta vai ser amplamente discutida, nomeadamente nas administrações regionais de saúde, e o Ministério "está aberto a contributos vários".
In www.dn.pt

13 comentários:

Anónimo disse...

sem hospital um tribunal com competencias reduzidas... empresas a "fugirem" de fafe agora so falta mm a camara fechar pois n vejo utilidade nehuma em ela existir

Anónimo disse...

Lamento muito o conteudo desta noticia. Cada vez ficamos mais pobres e mais "pequeninos". Gostaria de saber o que pensam os nossos politicos locais sobre este asssunto. Vai morrer mais gente por falta de assistencia medica, uma vez que o hospital de Guimaraes, nao consegue dar resposta a tantos doentes.

Alex disse...

No fim "disto" vamos ficar com menos hospitais públicos e mais dívida pública... (e com mais hospitais privados e menos dívida privada).

Jesus Manuel Pires Martinho disse...

Mais uma perda no meio de tantas!
Mas esta vai deixar moça...

Anónimo disse...

e agora onde ira ser o hospital do jose ribeiro lololol uma anedota o poder de fafe.....daqui a aalgum temo so falta passarmos a vila

Nabais disse...

Sendo o hospital da competência da administração central, É à administração central que devemos reclamar deste suposto fecho, caso ele venha a acontecer. A Camara já deu a entender que vai lutar contra este fecho, o que acho bem.
é mais uma das marcas da politica neoliberalista do psd que nos governa.
o que tem a camara a ver com isto? nada!! apenas deve zelar pelos nossos interesses para que não vejamos mais um serviço publico a fechar.

Alex disse...

Nabais, é também a continuação da "politica neoliberalista" do ps que nos governou.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Nabais disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Nabais disse...

Concordo Alex. Este governo psd vem na continuidade de uma politica neoliberal do ps. No entanto, acho que este governo foi ainda mais longe do que deveria e os resultados estão à vista, nomeadamente com a privatização da saúde e da educação.
Anónimo das 2.30, tens direito à tua opinião mas não tens direito a insultar os outros. Aconselho-te a leres com particular atenção as notícias de Fafe desta semana para estares mais bem informado.

R.P.M. disse...

A propósito do encerramento das urgências hospitalares, José Ribeiro afirmou o seguinte: "Defenderemos até ao limite a manutenção da urgência em Fafe (...) Este estudo não é nada de novo (...) O secretário de estado da saúde que se comprometeu que se tivesse intenção de tomar qualquer posição que afectasse o interesse de Fafe não o faria sem me ouvir. Aguardo serenamente que cumpra as suas palavras (...) Não tenho nada que me leve a desconfiar que não o faça (...)

A.Freitas disse...

Não existia já um protocolo para a construção de um novo hospital em Fafe?Qual o seu conteúdo?
Acaso lá não estará algo para a hopótese de incumprimento pelas partes?
A.Freitas

albano disse...

o novo hospital vai ser contruido do mm modo que fafe irá ter um novo parque de desportos!!
se nao estou em erro na cumieira encerrou-se uma industria em nome desse pseudo hospital que lá iria ser instalado.
Em suma, fafe perder tudo o que confere "qualidade" de vida aos seus habitantes mas em troca temos festinhas e bandas todos os fim de semanas.