10 janeiro 2011

Contrato Programa com o Cineclube de Fafe

A C.M. de Fafe aprovou o contrato programa a assinar com o Cineclube de Fafe, cujo valor ascende aos 18 mil euros anuais.
Mediante o protocolo a ser assinado em breve, o Cineclube, presidido por João Artur Pinto, promoverá ciclos temáticos de cinema, exibirá cinema alternativo em sessões quinzenais.
Promoverá ainda a exibição de cinema regularmente ao fim-de-semana para um público mais abrangente com filmes do circuito comercial, para além de promover a animação de Verão e ciclos para os mais jovens.
Promoverá ainda as Jornadas de Cinema e audiovisuais, trazendo ao concelho várias personalidades do mundo cinematográfico, portugueses e estrangeiros, fomentando a vários níveis o intercâmbio de linguagens e a formação em torno do cinema e do audiovisual, centrando este evento na temática: Cinema e Património.
Promoverá igualmente uma vertente competitiva com o “FFF - Fafe Filmes Fest” que deverá mostrar os trabalhos na área do cinema/Vídeo, cuja temática seja o património do concelho de Fafe, nas suas vertentes natural, construído ou imaterial.

In www.correiodominho.com

6 comentários:

Jesus Martinho disse...

Vou ficar muito atento à actividade do Cineclube de Fafe que tem andado arredado das suas funções. Seria por falta de verba? certamente que sim... Sem dinheiro poucos sabem realizar!
Espero que os 18.000 Euros anuais mudem positivamente o Cinema em Fafe e de uma vez por todas dignifique uma sala que tem o nome de um grande Realizador portugês e Europeu: Manoel de Oliveira.
Grande responsabilidade para João Artur Pinto que terá agora de corresponder à confiança que a Autarquia lhe deu ao atribuir-lhe 54.000 Euros em três anos.
Um grande "bolo" em época de crise financeira!!!!

Jesus Martinho disse...

Faltou dizer que cerca de metade daquela verba chegava para salvar as ruínas arqueológicas do Povoado Castrejo de Santo Ovídio!

Pedro Fernandes disse...

A atribuição dessa verba ao Cineclube parece-me justa se o mesmo realize todos os eventos contratualizados com a autarquia. Há ideias interessantes nesse contrato programa e que podem dinamizar, o cinema e o audiovisual fafense. Contra isso não tenho nada a opor.
No entanto, é de inteira justiça, também, dar a devida importância ao nosso património arqueológico. Se não houver intervenção nele todo, ao menos que se faça alguma coisa com as Ruínas Arqueológicas de Santo Ovídio.

Alex disse...

Quase que podíamos dizer que é o "Cineclube Municipal de Fafe".

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Sofia disse...

Bem, finalmente boas notícias.. Se o projecto for bem aplicado, parece-me que está aqui uma grande oportunidade para Fafe e para a sua juventude... Muito bem! Estou cá para ver!