14 junho 2009

Arões é vila !!


A assembleia da republica aprovou, por unanimidade, a elevação de 22 povoações a vilas e a criação de cinco cidades. Após apreciação e discussão na Subcomissão para a criação de Novos Municípios , freguesias, vilas e cidades, no âmbito da comissão de poder local, ambiente e ordenamento do território, Arões foi elevada a vila. Para uma localidade ser elevada a vila, tem de ter mais de três mil eleitores em aglomerado populacional contínuo e pelo menos metade dos seguintes serviços: posto médico, farmácia, casa do povo, centro cultural ou outras colectividades, transportes públicos, estação de correios, escola pública, estabelecimentos comerciais ou de hotelaria. Hoje pertencente ao concelho de Fafe, Arões já fez parte de Guimarães até 1853, altura em que passou para a comarca de Fafe após a grande reforma administrativa do reino da altura. Hoje ultrupassa os 4000 habitantes e o seu nome deriva, muito provavelmente, de Ero Fernandes, um magnate do século IX e X, avô de Hermenegildo Gonçalves, marido da célebre Mumadona Dias, fundadora do Mosteiro de Guimarães. O étimo de Arões está pois, em (villa) Eronis, herdade do Ero que organizou o território de Arões e lhe conferiu o próprio nome. O facto de se encontrar a meio caminho entre Fafe e Guimarães é um factor de atracção para a fixação de muitas familias oriundas dos dois concelhos. Arões tem um tecido económico com forte influência do sector terciário, com forte implantação do sector textil, mas também do calçado, mobiliário, mármores, construção civil, produção e exportação de vinhos, assistência automóvel e um conjunto de equipamentos que a fizeram tornar-se vila, sob proposta do grupo parlamentar do PSD, com parecer favorável da Câmara de Fafe e, com aprovação em Assembleia do Município de Fafe por maioria, com duas abstenções (uma do presidente da junta de freguesia de Fafe e outra do deputado municipal do Bloco de Esquerda).
Fica a questão... o que ganhará Arões com a elevação a vila? Aquando da elevação de Fafe a cidade, surgiram muitas questões. Uma delas era a seguinte: O que é melhor? Termos uma vila grande ou uma cidade pequena? O mesmo se passa agora em Arões: Uma aldeia/povoação grande ou uma vila pequena? Tal facto contribuirá para ampliar o seu desenvolvimento e incentivará a instalação de mais serviços e equipamentos que ainda carece? Oxalá que sim!

7 comentários:

Luis Peixoto disse...

Espera-se que agora com este estatuto de Vila, Arões São Romão evolua nomeadamente com a construção de novas infraestruturas que permitam dizer que merece ser Vila

António Daniel disse...

Embora goste da ideia de Arões ser vila, não gosto muito que um Concelho disperse as suas infraestruturas sob pena de perder alguma identidade. Contudo, pode ser bom para Arões e para as suas gentes esta elevação, apesar de saber que o epíteto não vale muito se não for acompanhada de alguma solidez urbana.

QuemSouEu disse...

É melhor ser uma povoação grande ou uma vila pequena?

Luís Peixoto disse...

Eu penso que povoação "grande" propriamente dita Arões nunca iria ser considerada.
LOL

Agora que será uma Vila de Portugal bastante humilde... isso será!
;)

Anónimo disse...

Só espero que Arões não se transforme no futuro numa "Vizela", "Taipas" ou outra do género.

Simões&Simões, Lda! disse...

Arões vila? Eh lá! Desse modo Portugal tornava-se o novo líder mundial. Nada disso! Arões é muito baixo, só porque tem uma escolica cor de rosa...

Marta Lopes disse...

Tem uma escolinha e muito mais! Convido-te a passar por cá. Terei todo o gosto em mostrar-te a magnífica Vila (embora humilde, como diz o Aronense Luís)é uma Vila Maravilhosa!